Asclepias physocarpa (E.Mey.) Schlechter

09:04


Asclepias physocarpa (E.Mey.) Schlechter



Sinonimia:
Gomphocarpus physocarpus E.Mey.



A espécie Asclepias physocarpa (E.Mey.) Schlechter pertencente a família botânica Apocynaceae é uma exótica planta ainda muito pouco utilizada no paisagismo brasileiro. Nativa das regiões sudeste da África, a planta se adaptou bem em quase todas as regiões subtropicais e temperadas quentes, grande parte por sua utilização como planta ornamental.
Seus principais atributos ornamentais são suas delicadas flores e frutos, que curiosamente são grandes cápsulas que parecem balões de ar, em tons verde-claro, translúcidos. Por causa da excentricidade de seus frutos, estes acabam por ser mais valorizados do que as flores. A beleza desta espécie saiu dos jardins e vasos ornamentais e atualmente ganha um novo status como planta de corte, onde a Asclepias physocarpa já é muito utilizado para compor belos e inusitados arranjos florais.
Conforme o ângulo em que se olha a planta é possível ter a ideia de que o fruto na planta se assemelha a um pequeno cisne, conforme imagem abaixo.
Aqui no Brasil a planta ficou conhecida popularmente como saco de velho, mais uma vez em razão de seus frutos que tendem em despertar mais atenção do que as flores.







Classificação Científica:

Reino: Plantae
Clado: Angiosperms
Clado: Eudicots
Clado: Asterids
Ordem: Gentianales
Família: Apocynaceae
Subfamília: Asclepiadoideae
Género: Asclepias
Espécie: A. physocarpa

Nome Binomial:
Asclepias physocarpa (E.Mey.) Schlechter

Sinónimos:
Gomphocarpus physocarpus E.Mey.





As informações deste site são baseados a partir de imagens coletadas de produtores ou colecionadores em todo o mundo, confiando nas informações difundidas pelos mesmos, portanto é possível que, pela grande diversidade de espécies, algumas delas podem conter erros de identificação ou discordância de informações. Nosso intuito é o de difundir informações aos amantes das plantas. Os créditos contidos nas imagens não foram retirados para que haja reconhecimento pelo trabalho realizado.





Veja Também:

Abdominea minimiflora
Acampe carinata (Griff.) Panigrahi
Acampe joiceyana
Frutescens bulbine Willd.
Crassula exilis ssp. schmidtii
Acampe ochracea
Acampe pachyglossa
Adenium swazicum (Adenium obesum subs. swazicum)
Acampe praemorsa
Acampe rigida
Acianthera adamantinensis
Acianthera agathophylla
Acianthera aphthosa
Adenium namaquanum Wyley ex Harv
Acianthera aurantiolateritia
Acianthera aveniformis
Hoya pubicalyx cv. Royal Hawaiian Purple
Acianthera bicarinata (Lindl.) Pridgeon & M.W.Chase
Acianthera bicornuta
Acianthera bidentula
Acianthera binotii
Acianthera bohnkiana
Acianthera brachiloba
Acianthera capanemae
Acianthera casapensis
Acianthera consimilis
Acianthera crinita
Acianthera cristata
Acianthera cryptophoranthoides
Acianthera duartei
Acianthera exarticulata
Acianthera fabiobarrosii
Acianthera fockei
Acianthera glanduligera
Acianthera glumacea
Acianthera guimaraensii
Acianthera heringeri
Acianthera hoffmannseggiana
Acianthera brasiliensis
Acianthera hondurensis
Acianthera johannensis
Acianthera klotzschiana
Codonanthe devosiana paula
Beschorneria yuccoides kkoch
Acianthera lanceana
Asplenium nidus
Davallia fejeensis hook
Acianthera leptotifolia
Acianthera limae
Acianthera luteola
Acianthera macropoda
Acianthera macuconensis
Acianthera magalhanesii
Acianthera malachantha
Acianthera marumbyana
Acianthera melachila
Acianthera micrantha
Acianthera miqueliana
Acianthera modestissima
Acianthera murexoidea
Acianthera muscicola
Acianthera nemorosa
Acianthera ochreata
Acianthera oligantha
Acianthera panduripetala
Roseira marilyn monroe
Acianthera papillosa
Roseira paul neyron
Acianthera parahybunensis
Acianthera pardipes
Acianthera pectinata
Acianthera prolifera
Acianthera pubescens

  • Compartilhe:

Postagens Relacionadas

0 comentários